Seis veículos apreendidos de muambeiros desapareceram do pátio da de , na fronteira com e o caso será investigado pelo (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) como crime de peculato. As investigações teriam iniciado em 2016.

Segundo informações publicadas no Diário Oficial desta segunda-feira (23), 1ª Promotoria de Justiça do município instaurou um procedimento preparatório para “apurar possível prática de peculato-desvio, referente a veículos apreendidos não restituídos e não localizados”.

Os veículos aprendidos durante ação policial de combate ao contrabando que deveriam estar no estacionamento da delegacia são: Ipanema vermelho (1994), Gol Plus branco (2007), Fiat Uno vermelho (2005), Fiat Pálio preto (2007), Celta prata (2005) e Fiat Pálio preto (2009).

Na época da abordagem (2016), os condutores informaram trabalhar com transporte de mercadorias oriundas do Paraguai. Ele também teria dito que seriam contratados por “freteiros”, que residiam na cidade de .

Saiba Mais