Barbeiro, de 37 anos, ferido com um tiro durante uma discussão com um policial militar, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande, permanece internado na Santa Casa. A informação foi confirmada, na tarde desta quarta-feira (25), pela assessoria de comunicação do hospital.

O estado de saúde não foi informado, no entanto, na tarde dessa terça-feira (24), depois que ele foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, informou que ele foi atingido com um único tiro na região do quadril. O ferimento não é considerado grave.

Segundo o delegado Felipe Madeira, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, o homem foi atingido depois de ameaçar o militar com uma arma de fogo, minutos após os dois discutirem por causa de uma manga, que teria caído no quintal do barbeiro, que faz muro com os fundos da casa do militar.

A situação foi gravada por câmeras de segurança. Nas imagens, divulgadas pelo Jornal Midiamax, é possível ver quando o barbeiro chega até a casa do policial. Ele desce do carro e joga uma manga no portão do militar. Em seguida, o barbeiro saca uma e fica apontando o revólver na rua, momento em que o policial sai.

O barbeiro fala: “filha da p, filha da p”. Nesse momento, o policial atira no barbeiro, manda ele deitar no chão e efetua a prisão. O homem foi socorrido em seguida e levado para o hospital sob escolta policial. O militar prestou depoimento ainda ontem e foi liberado depois.

Policiais que atenderam à ocorrência constataram que a pistola utilizada para ameaçar o policial não tem registro. Além disso, na casa dele também foram apreendidas outras duas armas e mais de 80 munições correspondentes a 9 e 380 milímetros. Duas das armas tinham registros de furto.

O homem foi preso em flagrante por porte de arma de fogo de uso permitido, porte e posse de arma de uso restrito, ameaça e receptação porque duas pistolas eram produtos de furto. Ele deve passar por audiência de custódia, no entanto, o delegado afirmou que vai solicitar a prisão preventiva.

Saiba Mais