O rapaz de 21 anos baleado na cabeça por uma dupla em motocicleta, na manhã desta terça-feira (14), no Bairro Tijuca, responde em liberdade a processo na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande pela participação no homicídio de Alexandre Pereira Marimoto, ocorrido em 24 de agosto do ano passado. Outro homem que estava com ele também foi atingido e socorrido.

Conforme consta na do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), a participação dele teria sido dar fuga, em um VW Polo, aos dois autores que estavam na motocicleta. No dia 14 de fevereiro, o juiz manteve a prisão preventiva dos dois, que aguardam julgamento.

Ainda segundo a denúncia, a vítima do atentado desta manhã teria escondido a arma utilizada no crime, enterrando-a no quintal de sua avó. Ele foi denunciado por homicídio qualificado por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima e por porte e ocultação ilegal de arma de fogo de uso permitido.

Ele teve liberdade provisória concedida já durante , realizada no dia 27 de agosto de 2022, com cumprimento de medidas cautelares, como proibição de manter contato com os envolvidos no processo e com familiares da vítima. Além disso, deveria utilizar tornozeleira eletrônica e fazer recolhimento noturno entre as 19h30 e 5h30.

A defesa prévia do jovem alegou que ele “não sabia do homicídio e muito menos da arma que deixaram no seu veículo”. O advogado ainda afirmou no processo que seu cliente “estava no lugar errado e na hora errada”, além de ser réu primário.

Pelo menos 10 disparos

Segundo testemunhas, foram ouvidos pelo menos 10 disparos. Um dos tiros atingiu a cabeça de uma das vítimas e outras partes do corpo. Ele foi socorrido por equipes da Ursa e do Corpo de Bombeiros, já a outra vítima foi atingida nos membros inferiores e socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). 

Testemunhas contaram que os dois homens estavam tomando refrigerante na rua, quando os autores chegaram atirando, sendo que apenas um deles seria o alvo. As vítimas correram, mas foram perseguidas pelos atiradores, caindo na rua de cima do bairro.

Os autores que estavam em uma motocicleta, de cor escura, fugiram em direção à Rua Narsi Siufi. Equipes do Batalhão de Choque foram acionadas na tentativa de encontrar os autores. 

O homem de 21 anos socorrido pelo Corpo de Bombeiros segue internado na e está em estado grave. A princípio teria sido atingido por dois tiros na cabeça, um no abdome e outro no tórax. Ele precisou ser intubado para ser levado à Santa Casa. Já o outro foi socorrido pelo Samu com um tiro na perna.

Saiba Mais