O assassino de Paulo Sérgio Guimarães, de 50 anos, se apresentou na delegacia, no sábado (4), para prestar esclarecimentos sobre o crime. Paulo foi morto com uma facada no coração após uma briga por causa de uma geladeira, no Bairro Ana Maria do Couto.

O assassino se apresentou às 18 horas do sábado, onde prestou depoimento. Os detalhes do depoimento não foram repassados. A dívida da geladeira que teria motivado o crime seria de R$ 100.

Pai viu filho ser assassinado

Aos policiais, o homem disse que estava em casa junto do filho quando Paulo chegou por volta das 18 horas e passou a chutar e gritar no portão dizendo que mataria seu filho, caso ele não pagasse a dívida de R$ 100 da geladeira que tinham comprado.

Os dois foram até o portão e o autor entrou em luta com Paulo desferindo um golpe de no peito da vítima, que morreu no local. Antes da chegada dos militares, o autor fugiu e não foi localizado. 

A faca usada no crime foi entregue aos policiais pelo pai do autor, que reconheceu o utensílio como de sua cozinha. O autor é acusado pela polícia de homicídio simples.

Saiba Mais