Foi preso na manhã desta quarta-feira (15), em Campo Grande, o homem acusado de matar a , na Vila Piratininga, Edvaldo Carlos Ramos, conhecido como ‘Gringo’. O crime aconteceu no dia 1º de janeiro deste ano.

O acusado do assassinato foi preso e levado para a 5ª de Polícia Civil. Ainda segundo informações obtidas pelo Jornal Midiamax, a irmã do acusado também foi presa por estar com a arma do crime, que guardava em casa. 

O delegado do caso, Rodolfo Daltro, já havia representado pela preventiva do acusado. 

Discussão e tiros

De acordo com vizinhos que ouviram uma discussão seguida por tiros, o caso aconteceu por volta das 4h30 e o homem era conhecido na região por ‘Gringo’. Após os tiros, ele deu alguns passos e morreu no portão da casa que morava.

Vizinhos relatam que viram Gringo com uma mulher e discutindo com um homem. Em seguida, os tiros aconteceram e, tanto a mulher, quanto o outro homem, fugiram do local.

Os próprios vizinhos foram até a delegacia Piratininga a pé e avisaram sobre o crime. O celular de Gringo foi encontrado próximo da região. De acordo com o boletim de ocorrência, no bolso da calça de Gringo foram encontradas duas pedras de crack.

Saiba Mais