Sem água e pasto, gado desnutrido é resgatado de fazenda em Ribas do Rio Pardo

Proprietário foi autuado em R$ 3 mil por maus-tratos
| 27/05/2022
- 10:06
gado morre de fome e desnutrido
Animal desnutrido. (Foto: Divulgação/PMA)

Após receber denúncias, a PMA (Polícia Militar Ambiental) encontrou na quinta-feira (25) um boi desnutrido, em uma fazenda de Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande. O animal estava visivelmente debilitado em uma área sem pastagem e água.

Segundo a polícia, a fazenda fica a 110 km da região urbana, entre a divisa com Água Clara. Durante a fiscalização, um funcionário informou que a propriedade foi arrendada para plantio de eucalipto, por isso, parte da pastagem estava degradada. Ele teria feito o manejo de 200 cabeças de gado para outra região com melhores condições para alimentação dos bichos.

O gado estava magro, entretanto, em um novo local com alimentação e água. Continuando a vistoria, apenas um animal foi encontrado em uma área degradada, extremamente desnutrido, com partes ósseas expostas devido à desnutrição pela falta de alimentação e água.

O funcionário admitiu a falha durante o manejo e transferência do gado, por não ter dado falta do animal. A equipe notificou o funcionário para providenciar um veterinário para dar tratamento de saúde e fazer a remoção do animal.

O proprietário da fazenda, de 72 anos, morador de Barueri, em São Paulo, foi autuado e multado em R$ 3 mil por maus-tratos, além do funcionário, que poderão responder por crime ambiental, com de três meses a um ano de prisão.

Veja também

A Polícia Militar Ambiental de Aquidauana autuou um fazendeiro em R$ 12,6 mil por derrubada...

Últimas notícias