Preso por sequestro na frente de mercado diz que foi 'convocado', mas nega participação

| 02/08/2022
- 13:29
Preso por sequestro na frente de mercado diz que foi 'convocado', mas nega participação
Roubo da camionete foi filmado - Foto: Reprodução/Vídeo

Homem de 27 anos preso em na madrugada desta terça-feira (2), acusado de participar do sequestro no estacionamento de um mercado na Mata do Jacinto, em Campo Grande, nega que tenha roubado a vítima. O comparsa, de 23 anos, foi detido momentos após crime.

O primeiro assaltante localizado pelos policiais militares, de 23 anos, não quis dar declarações sobre o crime. Ele já acumula passagens por roubo majorado, receptação, tráfico de drogas, associação criminosa e chegou a dizer para a polícia que tem outras passagens que nem ele mesmo se lembra.

Já o segundo envolvido, que foi ‘caguetado’ pelo rapaz de 23 anos, alegou que foi convidado para o assalto, mas não participou. Ele disse no interrogatório que tem uma dívida com o outro suspeito e que, por volta das 10 horas de segunda-feira (1º), foi convidado para roubar, por mensagem de WhatsApp.

Ele teria aceitado participar do crime, para quitar a dívida. No entanto, afirma que o comparsa sumiu e que só à noite foi abordado em casa por policiais militares, negando qualquer participação com o roubo. Ele também tem várias passagens pela polícia, por roubo majorado, furto, violência doméstica, entre outros.

Os dois suspeitos estão presos em flagrante pelo roubo majorado pelo emprego de arma, de pessoas e restrição de liberdade da vítima.

Sequestro na saída do mercado

O crime chegou a ser filmado por câmera de segurança na Avenida Alberto Araújo Arruda. A vítima foi ao mercado, fez as compras e, ao deixar as sacolas no banco de trás da camionete Hilux foi abordada pelos bandidos. O homem relatou que foi obrigado a entregar as chaves ao suspeito que não estava armado.

Assim, o dono da camionete foi colocado no banco de trás, enquanto os bandidos seguiram em direção à saída da cidade. Ele contou aos policiais que a todo momento era ameaçado com a arma de fogo, que era apontada para seu corpo. Então, passou a entregar os pertences aos bandidos, conforme eles exigiam.

Foram entregues relógio, celular e aliança. A vítima chegou a relatar que os bandidos estavam descontrolados, falavam muitas gírias e faziam ameaças. Em determinado momento, o suspeito que dirigia a camionete perdeu o controle da direção, colidindo contra outro carro na Rua Jorge Pedro Bedoglim.

Os bandidos fugiram em seguida, abandonando a camionete e a vítima. Os dois acabaram localizados e presos em flagrante, sendo um deles o de 23 anos, a menos de um quilômetro do local, e o outro já em casa.

Veja também

Ele disse que fumou maconha e decidiu invadir casa para matar mulher, que estava almoçando

Últimas notícias