Preso por embriagar filha e tentar estuprá-la deu 8 latas de cerveja para garota; ele negou o crime

Adolescente foi encontrada aos prantos na rua
| 17/01/2022
- 12:43
Preso por embriagar filha e tentar estuprá-la deu 8 latas de cerveja para garota; ele negou o crime
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Em depoimento na (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), o trabalhador braçal de 37 anos, preso por embriagar e tentar estuprar a filha de 17 anos, em Campo Grande, negou o na delegacia. A menina foi encontrada aos prantos na rua pelos policiais no sábado (15).

O homem afirmou quando preso que tinha ido se deitar antes da filha e que não passou as mãos nela. Ele negou o crime e disse que a adolescente é que havia se deitado ao seu lado. O trabalhador braçal  passa por audiência de custódia nesta segunda-feira (17).

Segundo os relatos da menina, ela foi até a casa do pai, por volta das 13 horas, quando o homem ofereceu cerveja para a filha e dois passaram a beber, sendo que após um tempo o autor pediu para que a garota buscasse vodka e continuaram a beber.

A garota relatou que passou a se sentir tonta, então, foi  para o quarto se deitar apagando a luz. Nesse momento, seu pai foi atrás, deitando-se ao lado dela. O homem começou a passar a mão no corpo da filha, que pediu para que ele parasse.

Ela, então, correu para o banheiro se trancando e pediu para que o pai a deixasse ir embora. Ela ligou para um ex-namorado que acionou a polícia. Quando os militares chegaram, encontraram a garota aos prantos na rua.

O homem estava sentado na calçada com um ferimento na cabeça. Ele foi levado para uma unidade de saúde e depois encaminhado para a delegacia. 

Veja também

Advogado usou senha de servidores para pesquisar nome de delegado

Últimas notícias