Paraguaios convocam marcha para pedir justiça à professora assassinada

Atividades marcadas para este sábado (30), dia do Professor no Paraguai, foram suspensas em Concepción
| 29/04/2022
- 07:59
Paraguaios convocam marcha para pedir justiça à professora assassinada
Corpo foi encontrado nesta quinta-feira e mobilizou moradores (Foto: Justiniano Riveros)

Após a polícia confirmar o assassinato da Isamar Auxiliadora Cabral, colegas e moradores de Concepción convocaram uma marcha pela paz e também para pedir justiça pela vítima. O ato está marcado para a manhã desta sexta-feira (29) e sai da Plaza Pinedo até a Plaza de la Libertad.

No convite feito por meio das redes sociais, os organizadores pediram para levar bandeiras brancas, balões e vestir camisetas da mesma cor. As atividades previstas para o Dia do Professor, que no Paraguai é comemorado no dia 30 de abril, foram suspensas.

Isamar Auxiliadora Cabral, de  28 anos, foi encontrada morta nesta quinta-feira (28) em Loreto, no Departamento de Concepción, no Paraguai, que fica nas proximidades de Bela Vista, Mato Grosso do Sul. Ela estava desaparecida desde a última terça-feira, quando saiu de para trabalhar.

De acordo com informações do chefe do Departamento Antissequestro da Polícia Nacional, Nimio Cardozo, o corpo estava em uma área rural conhecida como Costa Ferreira. Tudo indica que a professora foi vítima de latrocínio. Seu carro foi encontrado em uma casa abandonada e seria vendido.

Veja também

Alguns policiais foram 'proibidos' de realizar policiamento na região após reclamação de traficantes

Últimas notícias