Motorista de carro que colidiu em poste após ‘racha’ na Júlio de Castilho está em coma

Uma jovem de 25 anos morreu após o acidente
| 16/04/2022
- 14:36
Motorista de carro que colidiu em poste após ‘racha’ na Júlio de Castilho está em coma
Carro atingiu o poste a mais de 100 km/h (Foto: Leitor Midiamax)

O homem de 36 anos, condutor do Ford Ka envolvido no acidente que vitimou Roberta da Costa Coelho, de 25 anos, está em coma na Santa Casa de Campo Grande. O motorista estaria tirando um ‘racha’ na Avenida Júlio de Castilho na madrugada deste sábado (16), quando subiu na calçada e atingiu um poste a mais de 100 km/h.

Conforme as informações do hospital, o homem deu entrada na unidade às 6h21, encaminhado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ele está sedado, intubado e deve passar por procedimento cirúrgico na região craniana, aos cuidados da equipe de neurocirurgia.

Também estão na casa uma jovem de 24 anos, que está consciente e orientada e deve passar por procedimentos pela ortopedia, um jovem de 19 anos, que também está consciente e orientado e passou por exames na unidade hospitalar, e um homem de 33 anos, que passou por cirurgia.

Outros dois pacientes foram encaminhados para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Foi preso e responderá por homicídio doloso

Cerveja estava no veículo do motorista
Cerveja estava no (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

O condutor do Ford Ka foi preso em flagrante e vai responder por homicídio doloso, pela morte de Roberta. Conforme o delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, Antônio Souza Ribas Junior, o motorista responde pelo dolo eventual, já que assumiu o risco.

Em relato de um dos passageiros, foi confirmado que o homem de 36 anos bebeu e estava tirando um ‘racha’ na avenida. “Informalmente ele contou que todos tinham bebido muito e que o motorista estava em alta velocidade, a mais de 100 km/h”, confirmou o delegado. Ainda de acordo com o passageiro, foi confirmado que o motorista teria furado ao menos dois sinais vermelhos na avenida.

“Indica que assumiu o risco pela forma que estava conduzindo”, disse a autoridade policial.

Motorista responderá pelo homicídio

O motorista do outro veículo envolvido na disputa não autorizada, um Gol de modelo antigo, quadrado, foi identificado e são feitas buscas. Ele deve prestar esclarecimentos e também poderá responder pelo crime. A princípio, 7 pessoas estavam no Ford Ka.

Já o condutor do Ka responderá por homicídio doloso, conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool e participar, na direção de veículo automotor, em via pública, de corrida, disputa ou competição automobilística não autorizada.

As imagens das câmeras de segurança da região mostram o momento em que o veículo invade a calçada e atinge o poste de energia elétrica. A parte traseira do carro chega a levantar com o impacto da batida. Passageiros foram arremessados do veículo.

Testemunhas ouviram gritos de socorro

“Sensação horrível ver o homem gritando, pedindo socorro, ajuda que a mulher dele estava morrendo”, relatou uma testemunha que passava pelo local. O Midiamax apurou que um dos jovens era namorado de Roberta, que chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos.

“Nasceram de e essa jovem morreu por conta da irresponsabilidade do outro”, relatou uma leitora em notícia publicada nas redes sociais. “Triste é que uma pessoa dessas, por conta de uma inconsequência tira a vida de quem não tinha nada a ver”, lamentou outro leitor do jornal.

Veja também

Últimas notícias