Mãe de mulher assassinada a facadas na frente de filhos realizou transfusão de sangue Santa Casa

Paciente está acordada, respirando sem ajuda de aparelhos, e guardando avaliação da neurocirurgia devido à fratura no crânio no lado esquerdo
| 02/06/2022
- 14:27
Santa Casa (Arquivo Midiamax)
Santa Casa (Arquivo Midiamax) - Santa Casa

O estado de saúde mãe de Daniela Luiz, atacada a golpes de na noite da última quarta-feira (1º) por volta das 23 horas em Ribas do Rio Pardo, a 97 quilômetros de Campo Grande, inspira cuidados na Santa Casa. Ela realizou uma transfusão de sangue e está acordada.

A mulher de 52 anos está internada em estado grave na Santa Casa da Capital, após ser ferida a facadas por João José Furtado Nunes, morto na manhã desta quinta-feira (2), após troca de tiros com a polícia. Autor teria matado Daniela Luiz, de 32 anos, e o filho dela, um adolescente de 14 anos, identificado como Gustavo Luiz.

Segundo a assessoria do hospital, a vítima deu entrada na unidade de saúde às 3h17 desta quinta-feira (2), com choque hemorrágico. Ela realizou transfusão de sangue sem intercorrências.

A paciente está acordada, respirando sem ajuda de aparelhos, e está liberada para internação na enfermaria. Aguardando avaliação da neurocirurgia devido à fratura no crânio no lado esquerdo.

daniela2 - Mãe de mulher assassinada a facadas na frente de filhos realizou transfusão de sangue Santa Casa
(Reprodução Facebook)

O assassinato

O crime aconteceu por volta das 23 horas e, segundo informações, a polícia recebeu um chamado de que uma criança de 4 anos estava na rua com as roupas sujas de sangue gritando: “mataram minha mãe, socorro”. Quando os militares chegaram e foram até um cômodo nos fundos da casa encontram o adolescente de 14 anos, Gustavo Luiz, morto. Ele tinha vários ferimentos de facadas nas costas e no peito.

Daniela também foi encontrada sem vida, com várias perfurações de faca na cabeça e no pescoço. Outra mulher de 52 anos foi localizada com vários ferimentos de facadas, socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levada para o hospital. Mas, devido ao seu estado de saúde, a vítima foi transferida para a Santa Casa de Campo Grande. Segundo as testemunhas, o seria possessivo e ciumento. Ele, inclusive, já teria ameaçado Daniela em outras ocasiões.

assassino - Mãe de mulher assassinada a facadas na frente de filhos realizou transfusão de sangue Santa Casa

Suspeito

Durante buscas a João José Furtado Nunes, suspeito de matar Daniela Luiz, de 30 anos, e seu filho de 14 anos, teria trocado tiros com os policiais e acabou morrendo na manhã desta quinta-feira (2), em Ribas do Rio Pardo.

O crime foi presenciado por uma criança de 4 anos, filho de Daniela, que saiu na rua para pedir ajuda aos vizinhos. A avó da criança foi golpeada também e acabou sendo socorrida em estado grave na Santa Casa de Campo Grande.

Suspeito teria fugido do local após cometer o crime, a polícia saiu à procura de João e, quando encontrado, ele trocou tiros com a polícia para fugir, mas foi atingido. Ele chegou a ser levado pelos militares até o hospital da cidade, mas já estava morto quando deu entrada na unidade.

Autor seria do estado do Maranhão, e estaria na cidade atrás de emprego, com a recente instalação de indústrias locais. Não havia nenhum registro de boletim de ocorrência por violência doméstica feita contra ele por Daniela.

Veja também

Apesar do resgate, vítima não conseguiu resistir aos ferimentos

Últimas notícias