Foi concluído inquérito policial sobre um feto de aproximadamente 5 meses de gestação, encontrado na rede de esgoto de Nova Andradina, a 298 quilômetro de Campo Grande. A princípio, uma adolescente de 17 anos teria abortado, tomando medicamentos.

Conforme o delegado Caio Bicalho, do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Nova Andradina, foi identificado que a adolescente teria descoberto a gravidez indesejada e decidiu abortar. Ela tomou medicamentos e acabou sofrendo o aborto.

A princípio, a adolescente teria agido sozinha, sem a participação de terceiros. Ela deve responder por ato infracional análogo ao aborto.

Feto encontrado na rede de esgoto

O feto humano foi encontrado por funcionário da concessionária Sanesul no momento em que realizava limpeza na rede de esgoto em Nova Andradina.

O fato aconteceu na Rua André Loyer esquina com a Avenida José Heitor de Almeida Camargo, na Vila Operária. De acordo com a Polícia Civil, o feto tinha aproximadamente 25 centímetros.

A Perícia Criminal também foi acionada e encaminhou o feto ao IML (Instituto Médico Legal). Hipótese é a de que o feto poderia ter saído de alguma residência daquela região.