Furto de armas de um colecionador em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, terminou com a identificação do mentor do crime como sendo um amigo da vítima. Armas foram encontradas e apreendidas após um suspeito fazer disparos com uma espingarda de dentro de um carro.

A ação foi coordenada pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros. O homem de 28 anos era investigado pelos disparos de arma de fogo com a espingarda, de dentro de um carro, ação que teria sido filmada.

Ele acabou abordado por equipe da Força Tática e do SIG (Setor de Investigações Gerais) em casa e revelou que a arma estava escondida na churrasqueira. Depois, confessou que a arma era de um amigo e apontou o local onde o suspeito poderia ser encontrado.

Além da espingarda, foram apreendidas munições e uma pistola com carregador. O outro suspeito não foi localizado em casa, mas acabou abordado por guardas municipais. Com ele, foram apreendidas porções de cocaína, além de munições.

Assim, ele confessou que seria responsável pelas armas. No entanto, o armamento era furtado de um colecionador e as investigações apontaram que um amigo da vítima, de 33 anos, teria repassado as informações e seria o mentor do crime.

O caso segue em investigação.