Giovanni Barbosa da Silva, o ‘Bonitão', apontado pelas policiais paraguaia e brasileira como liderança do PCC (Primeiro Comando da Capital) chegou ao Brasil por volta das 12 horas deste domingo (10). Ele foi expulso do país vizinho após ser preso em e um grupo fortemente armado fazer um policial em tentativa de .

Esta ação ocorreu na madrugada deste domingo, quando o grupo armado com fuzis invadiu a delegacia em que Giovanni era mantido preso. Ele seria transferido para Assunção (PY), mas o presidente Mario Abdo decidiu por expulsar ‘Bonitão' do Paraguai. Ele foi levado de avião até Ciudad del Este.

VÍDEO: Chefe do PCC, ‘Bonitão' é expulso do Paraguai e entregue à polícia no Paraná
(Foto: Migrações Paraguai, Twitter)

Logo após a chegada, foi extraditado e entregue à Polícia Federal em Foz do Iguaçu (PR), pela Ponte da Amizade. Atualmente, Giovanni move ação contra um veículo de comunicação, por matéria em que foi apontado como chefe do PCC. No entanto, após a prisão e tentativa de resgate, as polícias paraguaia e brasileira reafirmaram a posição de chefia que ele ocupa na facção criminosa.

Ainda não há detalhes do local onde Giovanni será mantido custodiado. Pela periculosidade, pode ser feito pedido para que seja transferido para presídio federal.

Confira o vídeo