Polícia

Retaliação: seis são presos após noite de incêndios motivada por prisão de traficante

Irmão de mulher presa por tráfico teria ordenado os ataques

Renata Portela Publicado em 26/06/2021, às 14h59

Ao menos seis envolvidos foram levados para a delegacia
Ao menos seis envolvidos foram levados para a delegacia - (Foto: Ivi Notícias)

Seis homens foram presos suspeitos de participarem dos incêndios que destruíram casas e carros em Ivinhema, cidade a 291 quilômetros de Campo Grande, entre a noite de sexta e madrugada deste sábado (26). O responsável por ordenar os crimes seria um homem de 26 anos, que estaria agindo em retaliação à prisão da irmã, ocorrida na Operação Narco Brasil.

As equipes policiais iniciaram uma força-tarefa para localizarem e prenderem os envolvidos nos incêndios criminosos, que deixaram um homem gravemente ferido, com queimaduras de segundo grau. Foram presos dois jovens de 18 anos, um homem de 25 e outro de 26, além de mais dois que não tiveram idade revelada.

Segundo o Jornal da Nova, equipe da Força Tática do 8º Batalhão prendeu o suspeito de liderar os ataques. Também atuam no caso Polícia Civil de Ivinhema e SIG (Setor de Investigações Gerais) de Nova Andradina.

A princípio, o crime teria sido orquestrado como retaliação, por causa da prisão da irmã do mentor dos incêndios. Ela foi detida na última quarta-feira (24), durante a Operação Narco Brasil. Equipes policiais de Campo Grande também seguem para o interior, para garantia da ordem pública.

Incêndios

Por volta das 23 horas, Corpo de Bombeiros foi acionado por conta do incêndio em uma residência que estava desocupada. O local foi tomado pelas chamas e, quando os militares faziam o rescaldo, foram chamados por conta de incêndio em um veículo.

Logo em seguida, os bombeiros foram acionados para outro incêndio em veículo, que teria passado para uma residência. Momentos depois, mais um incêndio em residência foi registrado e por fim mais dois veículos foram incendiados.

Também houve uma tentativa de incêndio em três veículos, na mesma rua. Uma pessoa sofreu queimaduras de segundo grau ao tentar sair da residência e passar pelo veículo que estava em chamas na garagem.

Conforme o Corpo de Bombeiros, foram ao todo 7 ocorrências de incêndio atendidas e um total de 20 mil litros de água utilizados. Um caminhão pipa de uma usina da cidade também prestou apoio.

Jornal Midiamax