Polícia

Preso homem que agrediu ex-mulher e colocou fogo em carro no Tijuca

Acabou preso na última quinta-feira (18) o homem acusado de agredir e colocar fogo no carro da ex-mulher, no dia 10 de março no bairro Jardim Tijuca em Campo Grande. Ele teria ido até a delegacia para prestar esclarecimentos. O homem foi acompanhado de seu advogado para esclarecer os fatos sobre o incêndio no veículo, […]

Thatiana Melo Publicado em 20/03/2021, às 14h51

(Henrique Arakaki, Midiamax)
(Henrique Arakaki, Midiamax) - (Henrique Arakaki, Midiamax)

Acabou preso na última quinta-feira (18) o homem acusado de agredir e colocar fogo no carro da ex-mulher, no dia 10 de março no bairro Jardim Tijuca em Campo Grande. Ele teria ido até a delegacia para prestar esclarecimentos.

O homem foi acompanhado de seu advogado para esclarecer os fatos sobre o incêndio no veículo, quando acabou preso por força de um mandado de prisão que havia contra ele. Na delegacia, ele negou os fatos dizendo que o carro pegou fogo por problemas mecânicos e que tentou apagar as chamas, mas não conseguiu.

No dia do crime, a mulher estava na casa de uma amiga quando o autor chegou e o casal passou a discutir, quando o homem agrediu a ex e a amiga dela a retirando de dentro da casa.

A mulher ficou com as roupas rasgadas depois das agressões. O homem, então, bateu com o carro de ré no portão quando retirava o veículo colocando fogo no carro com um isqueiro. Antes de fugir, ele teria dito a vítima, “Agora assopra para ver se apaga”.

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram chamados para o local e estão à procura do autor, que fugiu em uma motocicleta. Um vizinho disse ter ouvido a discussão e visto quando o homem colocou fogo no carro e continuou brigando com a mulher, que acabou em estado de choque. Estilhaços do carro acabaram sendo arremessados com o fogo, que foi contido pelos bombeiros. Ninguém ficou ferido.

Jornal Midiamax