A de mandou 532 pessoas desobedientes ao toque de recolher de volta para casa, entre a noite de sábado (30) e a madrugada de hoje (31). Além disso, 45 estabelecimentos comerciais foram alvos de pelas equipes.

O balanço foi divulgado pela própria Guarda Municipal. Campo Grande está sob toque de recolher das 22h às 5h, medida imposta a fim de frear circulação e aglomerações de pessoas e, assim, diminuir o contágio pelo novo coronavírus.

A corporação empregou 57 agentes na operação da última noite, com 26 viaturas em atividade nas sete regiões urbanas do município.

Conforme a Guarda, das 155 ligações recebidas pela central 153, 61 foram de denúncias sobre desobedientes ao toque de recolher.

Guarda Municipal, Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) e Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) também foram às ruas em blitze da .

De acordo com balanço, foram realizadas 337 abordagens durante noite e madrugada. Foram parados 320 carros e 17 motocicletas, e feitos 14 testes do bafômetro.

Outros seis abordados se recusaram a fazer o teste e acabaram notificados. Os agentes também flagraram dois motoristas não habilitados e dois que dirigiam sem portar CNH (Carteira Nacional de Habilitação).