Após ser chamado de pedófilo, morador ameaça cortar pescoço de adolescente em condomínio em Campo Grande

Vizinhas o acusaram de ter tentado abusar de menina de 15 anos; suspeito foi preso
| 30/12/2021
- 11:58
Moradores se mobilizaram após as ameaças.
Moradores se mobilizaram após as ameaças. - Foto: Leitor Midiamax

Na noite de quarta-feira (29), homem de 48 anos foi detido em um condomínio na Avenida dos Cafezais, em Campo Grande, após ser acusado de pedofilia por outras moradoras. Ele teria ameaçado uma adolescente de 15 anos, dizendo que a mataria.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, moradoras do condomínio gritavam que o homem era pedófilo e o acusavam de ter abusado da adolescente. Equipes da Polícia Militar foram até o local e encaminharam o suspeito para a (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Já na delegacia, foi constatado crime de ameaça. O homem é usuário de drogas e teria chegado no condomínio bastante alterado pelo uso de entorpecentes. Ele foi até a área comum e dizia para a adolescente que cortaria o pescoço dela.

A adolescente correu para o apartamento e se trancou com a mãe. O homem continuou com as ameaças do lado de fora do apartamento da vítima, as ameaçando de morte e apontando um facão para elas. A princípio, não foi constatado ato libidinoso.

A vítima informou à PM que "foi vítima de tentativa de estupro por seu vizinho" e que ele teria subido até o andar em que ela mora, no condomínio. Os policiais o chamaram na porta do quarto onde estava escondido, mas ele havia feito uma 'barricada' com colchão e cômoda. 

O crime é tratado como ameaça, resistência e violação de domicílio e será investigado pela (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). O suspeito foi liberado após prestar esclarecimentos.

Veja também

Últimas notícias