Polícia

Homem é preso com pescado acima da cota no Rio Miranda

Havia capturado oito exemplares de peixes da espécie curimbatá

Diego Alves Publicado em 27/09/2021, às 23h24

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) prendeu e autuou um pescador com pescado acima da cota permitida e apreende pescado em Bonito, cidade a 297 quilômetros de Campo Grande. O pescador amador, de 31 anos, foi detido por pesca predatória, por equipes da Polícia Militar Ambiental de Bonito, que trabalham na operação Hot Point, durante patrulhamento ambiental terrestre às margens do Rio Miranda no município ontem (26). O infrator foi abordado quando pescava na modalidade desembarcada, ele havia capturado oito exemplares de peixes da espécie curimbatá e um exemplar de piau-três-pintas, pesando 10kg.

Por ser pescador amador, ele só poderia capturar e abater um exemplar de peixe nativo e mais cinco exemplares de piranha, conforme cota estabelecida em norma. Portanto, havia capturado pescado acima da quantidade permitida, fato que também é caracterizado como crime. O pescado e a vara com molinete foram apreendidos.

O infrator foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Bonito, juntamente com o material apreendido, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória, por captura de pescado acima da quantidade permitida. O infrator também foi autuado administrativamente e multado em R$ 1,2 mil. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

Jornal Midiamax