Polícia

Empreiteiro é multado em R$ 15 mil por incendiar área de vegetação de fazenda no Pantanal

Na construção de 12 km de aceiros em cercas

Diego Alves Publicado em 07/10/2021, às 19h13

Divulgação, PMA
Divulgação, PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuaou um empreiteiro em R$ 15 mil por incendiar área de vegetação de fazenda no Pantanal onde fazia cerca sem qualquer justificativa em Aquidauana, cidade a 141 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a polícia, em atendimento a denúncia de policiais militares, uma equipe da PMA que trabalha na operação Padroeira do Brasil saiu de uma fiscalização de bloqueio em uma estrada e foi até a delegacia de Polícia Civil para realizar a autuação de um empreiteiro por incêndio doloso.
Anda segundo a polícia, um boletim de ocorrência havia sido registrado pelo gerente de uma fazenda localizada à margem da BR 419, a 95 km da cidade, relatando que o infrator havia provocado o incêndio em três áreas de vegetação nativa da propriedade.

De acordo com o gerente da fazenda foram empregados dois tratores com grades, quatro tratores de esteira e dois tratores do tipo pá-carregadeira na construção de 12 km de aceiros em cercas e estradas para conter as chamas, o que impediu que o fogo se alastrasse a outras propriedades. Dois outros empreiteiros, que estavam no local na obra da cerca, informaram à equipe que presenciaram o incendiário ateando o fogo na mata. Informaram que estavam sentados à sombra de uma árvore fazendo a refeição e o homem simplesmente levantou-se e disse: " assim é que se coloca fogo", ateando o fogo dolosamente.

O Infrator de 34 anos, residente em Aquidauana, assumiu a responsabilidade pelo incêndio, que atingiu uma área de vegetação de aproximadamente 3 hectares somente, graças ao trabalho dos funcionários da fazenda com as máquinas. Ele foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 15 mil. O autuado também responderá por crime de provocar incêndio em mata ou floresta, com pena prevista de dois a quatro anos de reclusão.

Jornal Midiamax