Polícia

Terceira fase de operação contra jogo do bicho mobiliza polícia em Campo Grande

Na outra fase da operação, deflagrada no dia 16 deste mês, apontadores foram levados para a delegacia

Thatiana Melo e Gabriel Neves Publicado em 23/09/2021, às 09h17

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Em torno de sete delegacias de Campo Grande, entre elas, especializadas deflagram mais uma fase da operação contra o jogo do bicho na Capital. Na primeira fase da 'Deu Zebra', 72 pontos foram investigados.

Nesta manhã de quinta-feira (23), os policiais farão buscas em comércios e bancas de apostas do jogo do bicho. Participam da operação a Defurv (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), a 5º delegacia de Polícia Civil, a 2º e 3º delegacia, além do Goi (Grupo de Operações e Investigações), Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista) e Deaji (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude).

No dia 16 deste mês, quando os policiais foram às ruas, uma mulher e o dono de um comércio acabaram levados para a delegacia. No local, uma máquina para fazer apontamentos do jogo do bicho foi localizada. Em outro comércio, na região, policiais saíram com uma televisão e um caderno. Como na outra fase, as pessoas detidas irão assinar um TCO e serão liberadas.

Na primeira fase, 72 pontos de jogo do bicho foram alvos da operação, que foi realizada em todos os bairros da cidade, resultando no registro de 28 boletins de ocorrência. Foram registrados crimes como jogo do bicho, jogo de azar e até contrabando, contra um vendedor com quem foram encontrados pacotes de cigarro contrabandeado do Paraguai. As pessoas abordadas foram levadas para as delegacias de área e, após serem ouvidas, assinaram termo de compromisso e comprometimento, sendo liberadas, conforme legislação vigente.

Jornal Midiamax