Polícia

Concorrência desleal: Acusado de golpe, assessor de DPVAT denuncia colega por calúnia

Homem de 40 anos que trabalhava como assessor de seguros DPVAT (Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres) procurou a Polícia Civil nesta sexta-feira (29), para denunciar uma ‘colega’ de trabalho por calúnia, após ser acusado de golpe. Conforme boletim de ocorrência, os fatos ocorreram na cidade de Três Lagoas, a 325 quilômetros de Campo Grande. […]

Renan Nucci Publicado em 29/01/2021, às 18h20

None
dpvat.jpg

Homem de 40 anos que trabalhava como assessor de seguros DPVAT (Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres) procurou a Polícia Civil nesta sexta-feira (29), para denunciar uma ‘colega’ de trabalho por calúnia, após ser acusado de golpe.

Conforme boletim de ocorrência, os fatos ocorreram na cidade de Três Lagoas, a 325 quilômetros de Campo Grande. O homem relatou que vinha mantendo contato com um cliente que buscava indenização em razão de um acidente de trânsito.

Nesta sexta, no entanto, o cliente disse que foi abordado no hospital por uma mulher que se apresentou como assessora de DPVAT e lhe ofereceu serviços. O cliente disse que já estava sendo atendido, quando a mulher iniciou as acusações.

Ela alegou que o assessor que estava prestando atendimento a ele era um golpista. Ao tomar conhecimento de tais acusações, o assessor procurou a Polícia Civil e registrou boletim de ocorrência, manifestando interesse em representar criminalmente.

Jornal Midiamax