Polícia

Cliente que matou dono de bar após beber a noite toda é condenado a 12 anos de prisão

Ele está atualmente foragido

Renata Portela Publicado em 05/08/2021, às 13h25

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Nesta quinta-feira (5), foi condenado a 12 anos de prisão, em regime fechado, Francisco de Souza Silva, de 33 anos, atualmente foragido. Ele é acusado do homicídio de Vanderli de Souza Lemes, 50 anos, que era proprietário de um bar no Universitário, onde aconteceu o crime.

Segundo registro na época do crime, que aconteceu em dezembro de 2017, Francisco passou a noite no estabelecimento comercial bebendo com a esposa. Ele foi embora, mas depois retornou sozinho e invadiu o bar. Francisco se desentendeu com Vanderli e os dois discutiram, momento em que o autor esfaqueou a vítima.

Uma testemunha disse à polícia que viu a briga entre autor e vítima e que Francisco estava com uma faca. Esta pessoa ainda tentou separar a briga, mas não conseguiu. Francisco ainda teria tentado pedir ajuda para fugir, mas não teve ajuda.

Condenação

Nesta quinta-feira, aconteceu o julgamento de Francisco, presidido pelo juiz Carlos Alberto Garcete da 1ª Vara do Tribunal do Júri. O réu não estava presente e não foi mais localizado pela Justiça, sendo que chegou a ser procurado por duas vezes para participar do julgamento.

O conselho de sentença decidiu por condenar Francisco, reconhecidas materialidade e autoria do crime. Também foi reconhecida a qualificadora de motivo fútil. Assim, o réu foi condenado a 12 anos de prisão, em regime inicial fechado.

Pelo ‘sumiço’, foi expedido pelo magistrado o mandado de prisão preventiva, tornando o acusado atualmente foragido.

Jornal Midiamax