Polícia

‘As top de Coxim’: após término, mulher tem nudes espalhados na internet e denuncia ex-companheiro

Após terminar um relacionamento de quatro anos, uma mulher teve fotos nuas espalhadas em um grupo na rede social Instagram e procurou a delegacia de Polícia Civil nesta terça-feira (05), em Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande. Ela denuncia o ex-companheiro, um homem de 32 anos, por espalhar as imagens no grupo “As top […]

Dayene Paz Publicado em 06/01/2021, às 07h30 - Atualizado às 11h41

Homem também teria enviado fotos da ex-companheira nua para a amiga dela. Imagem ilustrativa
Homem também teria enviado fotos da ex-companheira nua para a amiga dela. Imagem ilustrativa - Homem também teria enviado fotos da ex-companheira nua para a amiga dela. Imagem ilustrativa

Após terminar um relacionamento de quatro anos, uma mulher teve fotos nuas espalhadas em um grupo na rede social Instagram e procurou a delegacia de Polícia Civil nesta terça-feira (05), em Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande. Ela denuncia o ex-companheiro, um homem de 32 anos, por espalhar as imagens no grupo “As top de Coxim”.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, a mulher de 25 anos contou que conviveu com o suspeito por quatro anos e que terminaram em outubro do ano passado. Segundo a vítima, o motivo da separação foi pelo comportamento agressivo do, até então, companheiro e também pela maneira que estava se comportando nas redes sociais, chegando a enviar fotos intimas dele para outras mulheres.

Na época em que estavam juntos, o homem chegou a chamar a vítima para ter relacionamento sexual com outras mulheres e ela relata não ter aceitado. No entanto, permitiu que ele a filmasse nua. Recentemente, teve conhecimento de que o suspeito estaria enviando as imagens dela no grupo do Instagram chamado “As top de Coxim”.

Nesse grupo, o rosto da vítima não estaria aparecendo, porém ela reconheceu seu corpo e o ambiente no qual havia feito as imagens. Também descobriu que ele enviou uma foto dela nua para uma amiga da vítima, aparecendo seu rosto. Dessa forma, com medo de que ele publicasse outras imagens aparecendo seu rosto, a vítima decidiu procurar a polícia. O caso foi registrado e deve ser apurado.

Jornal Midiamax