Polícia

Acusado de atropelar adolescente é intimado para depor em julgamento de homicídio

Autor responde por homicídio no ano de 2017; outras 4 testemunhas foram intimadas

Danielle Errobidarte Publicado em 29/07/2021, às 17h36

Motorista fugiu e deixou o veículo no local.
Motorista fugiu e deixou o veículo no local. - (Foto: Dourados News)

Acusado de atropelar e matar o adolescente Otávio Camargo Cano, de 13 anos,no último sábado (25) em Dourados, distante 225 km da Capital, foi intimado para depor, dois dias após o crime, em outro processo que responde, por homicídio qualificado. Matheus dos Santous Souza, na época com 19 anos, é acusado de matar Eduardo Ávallo dos Santos Mattos, também de 19 anos.

Eduardo teria ido levar seu irmão até uma residência onde aconteceria uma “social”. Ao chegar no local, Matheus teria saído de trás de um muro e efetuado disparos contra Eduardo, momento em que ele teria tentado fugir, cambaleando, mas foi seguido por Matheus, caindo a cerca de 400 metros da residência.

Em seguida, um amigo de Matheus teria efetuado disparos contra o irmão da vítima, mas a arma teria falhado. Ele ainda foi atingido com coronhadas da arma no pescoço e boca, e ameaçado “se você cobrar a fita do seu irmão, vai morrer também (sic)”.

Conforme os autos, a audiência está marcada para o dia 3 de novembro, com quatro testemunhas também intimadas: uma de acusação e três comuns, além da interrogação do réu. O juiz Eguiliell Ricardo da Silva, da 3ª Vara Criminal de Dourados, expediu ofício para condução coercitiva das quatro testemunhas.

Os quatro foram intimados para comparecer em audiência marcada para o dia 12 de maio deste ano. Uma delas, após insistência do MPMS (Ministério Público da Mato Grosso do Sul), não foi encontrada pelos oficiais de Justiça, sendo ordenado pelo juiz a atualização do endereço da testemunha.

No final do mesmo mês, o promotor de justiça Luiz Eduardo Sant’Anna pediu pela substituição do rapaz. No último dia 12, a defensora Ligiane Cristina Motoki acatou a desistência da testemunha. A testemunha, contudo, foi citada pelas outras como sendo o responsável pela organização da festa em que Eduardo morreu, além de proprietário da casa.

Já o réu, será ouvido por videoconferência, uma vez que encontra-se preso na PED (Penitenciária Estadual de Dourados). Matheus possui passagens por receptação, dirigir sem habilitação duas vezes - inclusive quando menor de idade - e tentativa de homicídio.

Acidente com vítima de 13 anos

O motorista conduzia uma Chevrolet Montana quando atropelou o menino de 13 anos. Após o acidente o acusado fugiu, mas o veículo permaneceu no local. Em vistoria, os policiais militares encontraram várias garrafas de cerveja dentro da picape.

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Matheus foi preso no Bairro Green Ville na segunda-feira (26), escondido em uma residência. Ele confessou ter bebidoantes de dirigir.

Vizinhos de Otávio, revoltados com a situação, chegaram a tentar incendiar a residência do rapaz de 23 anos.A PM teve de ser acionada e os populares foram contidos. Por medo, a família do rapaz inclusive retirou móveis e roupas da residência.

Jornal Midiamax