Polícia

Mulher assassinada em Dourados teria sido estrangulada com alça de blusa

A perícia criminal constatou sinais de estrangulamento no corpo de Ivone Belarmino da Silva,55, encontrada morta na residência, em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. A vítima teria sido morta com a alça de uma blusa. Segundo o boletim de ocorrência, o corpo foi encontrado na manhã desta segunda-feira (12), por vizinhos. Inicialmente, suspeitavam […]

Karina Campos Publicado em 12/10/2020, às 17h14

Corpo da vítima foi encontrada por vizinhos. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)
Corpo da vítima foi encontrada por vizinhos. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News) - Corpo da vítima foi encontrada por vizinhos. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

A perícia criminal constatou sinais de estrangulamento no corpo de Ivone Belarmino da Silva,55, encontrada morta na residência, em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. A vítima teria sido morta com a alça de uma blusa.

Segundo o boletim de ocorrência, o corpo foi encontrado na manhã desta segunda-feira (12), por vizinhos. Inicialmente, suspeitavam de suicídio, porém, a perícia identificou luxações e um nó feito com a alça de uma blusa amarela. Ainda de acordo com a análise, a morte teria acontecido durante a madrugada de hoje.

O irmão da vítima disse ela seria usuária de crack e que outros usuários costumavam ir ao local. Um botijão de gás foi levado da casa. Já filho de Ivone contou à polícia que desconhece se a mãe tem dívidas com possíveis traficantes, e que ela não tem namorado.

Uma vizinha ressaltou que no domingo (11), conversou com Ivone e teria cancelado a presença no aniversário de seu neto. Horas depois um homem chegou a entrar na casa da vítima e saiu dizendo que não a encontrou na residência. A polícia irá analisar imagens de câmeras de segurança da região.

Jornal Midiamax