A 5ª delegacia de Polícia Civil em Campo Grande deve começar a ouvir testemunhas sobre o assassinato de Josias Rocha Espinosa, 20 anos, encontrado morto no último domingo (19), no Jardim Los Angeles, em Campo Grande. O rapaz sumiu no sábado (18) e a família chegou a registrar o desaparecimento.

A polícia já ouviu testemunhas informalmente sobre o caso e chegou a fazer diligências. “Estamos com a investigação avançada”, declarou o delegado Gustavo Bueno. Outros detalhes não foram repassados para não atrapalhar as investigações.

Josias foi assassinado com uma facada no coração. Um morador onde o corpo foi encontrado contou que estava dormindo, quando por volta das 2 horas da madrugada de domingo (19) ouviu barulhos no portão e pensou que estivessem tentando invadir a sua casa. Ele levantou e ao ir ao portão ver o que estava acontecendo se deparou com Josias caído no chão.

O morador contou que chamou o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, mas o rapaz já estava sem vida. Ele tinha uma perfuração de faca na altura do coração. A vítima estava sem documentos e tinha uma tatuagem de terço no antebraço.

A família, desconhecendo o crime, chegou a registrar boletim de ocorrência de desaparecimento na terça-feira (21). “Fomos registrar o desaparecimento, quando uma mulher ligou e disse que viu nossas publicações procurando o Josias. Ela disse que haviam encontrado um corpo no domingo no Los Angeles e tinha as mesmas características do meu sobrinho. Quando fomos reconhecer no IML, era ele”, lamentou uma tia do rapaz.