Polícia

Preso serra cela do pavilhão e usa ‘tereza’ para tentar fugir da Máxima

Detento de 32 anos conseguiu serrar cela do pavilhão e por pouco não fugiu do presídio de Segurança Máxima de Campo Grande, durante a madrugada deste sábado (13), no jardim Noroeste. Ele foi surpreendido por agente penitenciário enquanto tentava pular o muro da penitenciária, com auxílio de uma ‘tereza’. Depois de serrar uma das portas, […]

Maisse Cunha Publicado em 13/04/2019, às 11h14 - Atualizado às 14h45

Agentes localizaram ainda três porções de maconha e balança de precisão (Foto: Arquivo/Midiamax)
Agentes localizaram ainda três porções de maconha e balança de precisão (Foto: Arquivo/Midiamax) - Agentes localizaram ainda três porções de maconha e balança de precisão (Foto: Arquivo/Midiamax)

Detento de 32 anos conseguiu serrar cela do pavilhão e por pouco não fugiu do presídio de Segurança Máxima de Campo Grande, durante a madrugada deste sábado (13), no jardim Noroeste. Ele foi surpreendido por agente penitenciário enquanto tentava pular o muro da penitenciária, com auxílio de uma ‘tereza’.

Depois de serrar uma das portas, chapa e cela do pavilhão I, narra a ocorrência, o presidiário usou a corda improvisada com lençóis para atravessar até a muralha da unidade, mas não conseguiu concluir a fuga porque o alarme da cerca elétrica foi acionado, chamando atenção dos agentes.

Ele foi encontrado caído próximo ao muro, depois de levar um choque elétrico. Próximo ao interno, agentes localizaram três porções de maconha e uma balança de precisão, mas ele nega envolvimento.

Depois do flagrante, ele foi conduzido à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro e ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), onde passou por exame de corpo de delito, antes de retornar à prisão.

Jornal Midiamax