Polícia

Paraguaia e comparsa furtam 32 quilos de picanha e uma delas acaba presa

Uma paraguaia de 26 anos foi presa na manhã desta segunda-feira (23), em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai, por participação no furto de 32 quilos de picanha em um supermercado localizado no bairro Coophafronteira. A comparsa dela conseguiu fugir de moto levando 20 quilos da mercadoria. Conforme […]

Renan Nucci Publicado em 23/12/2019, às 13h31 - Atualizado às 15h26

Suspeitas revenderiam materiais furtados. Foto: Ilustração
Suspeitas revenderiam materiais furtados. Foto: Ilustração - Suspeitas revenderiam materiais furtados. Foto: Ilustração

Uma paraguaia de 26 anos foi presa na manhã desta segunda-feira (23), em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai, por participação no furto de 32 quilos de picanha em um supermercado localizado no bairro Coophafronteira. A comparsa dela conseguiu fugir de moto levando 20 quilos da mercadoria.

Conforme boletim de ocorrência, uma funcionária do estabelecimento acionou a Polícia Militar alegando que flagrou a paraguaia e outra mulher agindo no local. Ao perceberem que haviam sido flagradas, as mulheres saíram às pressas. A comparsa colocou 20 quilos de picanha em uma moto estrangeira e fugiu, abandonando a jovem paraguaia, que ficou para trás com 12 quilos da carne e foi presa.

Ela confessou que o envolvimento e disse que o crime foi ideia da amiga. O objetivo era vender no Paraguai. Além disso, afirmou que já havia cometido outros furtos na fronteira, sempre com o objetivo de revender. Os policiais fizeram rondas na tentativa de localizar a outra envolvida, mas sem sucesso.

Jornal Midiamax