Polícia

Paciente e filha chamam enfermeiros de ‘vagabundos’ e caso vai parar na delegacia

Uma enfermeira do Hospital Regional Rosa Pedrossian registrou um boletim de ocorrência neste domingo (28) por desacato. Segundo o documento, ela e outro funcionários furam chamados de “vagabundos” por um paciente internado na unidade e também por sua filha. De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do […]

Daiany Albuquerque Publicado em 28/04/2019, às 18h24

Divulgação, HRMS
Divulgação, HRMS - Divulgação, HRMS

Uma enfermeira do Hospital Regional Rosa Pedrossian registrou um boletim de ocorrência neste domingo (28) por desacato. Segundo o documento, ela e outro funcionários furam chamados de “vagabundos” por um paciente internado na unidade e também por sua filha.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, durante o atendimento a um paciente, que está internado aguardando para fazer uma cirurgia de hérnia, a filha dele, uma adolescente, começou a xingar os funcionários.

“Vagabundos. Só ficam desfilando sem fazer nada. Vou pegar vocês na saída”, teria dito a jovem, conforme relato da enfermeira no boletim de ocorrência.

Enquanto a jovem hostilizava os enfermeiros, ainda segundo o relato, o pai dele concordava com as palavras. “São um bando de vagabundo, eu com dor e eles desfilando”, teria dito o paciente.

Depois da jovem ter se exaltado, um outro funcionário foi conversar com ela, porém, a adolescente teria voltado a se referir aos trabalhadores como “vagabundos”.

A ocorrência foi feita por dois trabalhadores do hospital, porém, segundo a enfermeira, outros cinco servidores também teriam sido xingados pela jovem e seu pai. O caso será investigado.

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias