Polícia

Empresa de engenharia é um dos alvos da Operação Nota Zero deflagrada pela PF

Uma empresa de engenharia, no bairro Carandá Bosque, em Campo Grande seria um dos alvos da Operação Nota Zero deflagrada pela Polícia Federal, na manhã desta quarta-feira (8). Dois carros da Polícia Federal estão em frente a empresa para cumprir os mandados. Ao todo são 12 mandados que são cumpridos na Capital, com a participação […]

Thatiana Melo Publicado em 08/05/2019, às 07h56 - Atualizado às 09h02

Foto: Minamar Júnior
Foto: Minamar Júnior - Foto: Minamar Júnior

Uma empresa de engenharia, no bairro Carandá Bosque, em Campo Grande seria um dos alvos da Operação Nota Zero deflagrada pela Polícia Federal, na manhã desta quarta-feira (8).

Dois carros da Polícia Federal estão em frente a empresa para cumprir os mandados. Ao todo são 12 mandados que são cumpridos na Capital, com a participação de 55 policiais a agentes da CGU.

A investigação apurou fraudes em contratos firmados pela SED e empresas de construção civil, com provas de crimes de corrução passiva e ativa, peculato e organização criminosa. Foi descoberto a existência de um grupo de empresas previamente escolhidas para vencer as licitações. 12 mandados de busca e apreensão são cumpridos nesta quarta (8).

Ainda segundo a investigação foi constatado a prática ilícita envolvendo oito processos licitatórios abertos pela SED: uma Concorrência no valor de R$ 2.285.941,45 e outras sete Tomadas de Preços, que totalizam R$ 7.347.785,17.

Jornal Midiamax