Polícia

Motorista de camionete que atropelou e matou garoto de 15 anos é solto na custódia

A Justiça converteu em liberdade provisória a prisão em flagrante do motorista de 61 anos, que dirigia a camionete que atropelou e matou o Vynnicios Silveira dos Santos, 15 anos que seguia em uma bicicleta e lesionou outro menor que estava em sua garupa na tarde desse domingo (13). Ele passou por audiência de custódia […]

Mariana Rodrigues Publicado em 14/10/2019, às 12h22 - Atualizado às 17h06

Marcos Ermínio, Midiamax
Marcos Ermínio, Midiamax - Marcos Ermínio, Midiamax

A Justiça converteu em liberdade provisória a prisão em flagrante do motorista de 61 anos, que dirigia a camionete que atropelou e matou o Vynnicios Silveira dos Santos, 15 anos que seguia em uma bicicleta e lesionou outro menor que estava em sua garupa na tarde desse domingo (13). Ele passou por audiência de custódia nesta segunda-feira (14) e teve sua prisão em flagrante convertida em liberdade provisória.

Conforme informações da assessoria de imprensa do Fórum de Campo Grande, o juiz José Henrique Kaster Franco decidiu pela concessão de liberdade provisória, com a aplicação de medida cautelar de suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) até o trânsito em julgado da decisão em futura ação penal.

O motorista contou em depoimento que havia consumido duas latas de cerveja entre às 11h e 12 h desse domingo, horas antes do acidente envolvendo sua camionete Ford F4000, passou pelo teste do bafômetro que resultou em 0,38 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Ele seguia sentido bairro-centro na Rua Francisco Martins de Souza, quando, segundo ele, no momento em que passava a ponte, viu uma bicicleta com duas pessoas, deu seta e desviou.

Cerca de 100 metros do local do acidente, relata que um homem o abordou e disse que ele tinha atropelado e matado uma pessoa, momento em que retornou e viu uma o jovem caído. Ainda conforme relatos do autor, ele começou a passar mal e teve que ir para casa, porém seus familiares ficaram no local do acidente.

Já o motorista de aplicativo de aplicativo que passava pelo local no momento do acidente, disse que o motorista atropelou uma das vítimas que estava na bicicleta e saiu do local do acidente como se nada tivesse acontecido. Ele relata ainda que a outra vítima ficou gritando: “Vynnicios, meu Deus! O Vynnicios morreu”.

A testemunha conta ainda que emparelhou seu carro com a camionete e disse ao autor que ele havia “matado o menino”, mas que ele não queria voltar ao local do crime, afirmando que não tinha sido culpa dele. O autor vai responder pelo crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor e por conduzir veículo automotor sob influência de álcool.

Caso

Morreu na tarde deste domingo (13), no Jardim Colibri, em Campo Grande, o adolescente de 15 anos, Vynnicios Silveira dos Santos. Ele estava de bicicleta quando foi atropelado por uma camionete, após desviar da lama e escorregar. Junto de Vynnicios estava outro garoto.

Informações passadas pela Polícia Militar são de que o acidente aconteceu por volta das 14h40 deste domingo (13), quando Vynnicios que trafegava pela rua Francisco Martins de Souza teria desviado da lama e poça d’água da ponte, que alagou durante a chuva, vindo a escorregar caindo no asfalto.

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias