Polícia

Campo-grandense traficava para dar dinheiro a filho e irmão presos

Campo-grandense de 50 anos foi preso pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na manhã desta quarta-feira com carregamento de maconha. Ele foi flagrado transportando 37 quilos da droga na rodovia BR-463, em Ponta Porã, a 298 quilômetros da Capital, e disse que aceitou traficar porque estava desempregado, precisava pagar um agiota e ajudar o filho e […]

Renan Nucci Publicado em 17/04/2019, às 14h32 - Atualizado às 16h36

Foto: Porã news
Foto: Porã news - Foto: Porã news

Campo-grandense de 50 anos foi preso pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na manhã desta quarta-feira com carregamento de maconha. Ele foi flagrado transportando 37 quilos da droga na rodovia BR-463, em Ponta Porã, a 298 quilômetros da Capital, e disse que aceitou traficar porque estava desempregado, precisava pagar um agiota e ajudar o filho e o irmão que estão presos.

De acordo com o site Porã News, os policiais faziam fiscalização pela região quando abordaram um automóvel Gol conduzido pelo suspeito. Inicialmente ele se apresentou como comerciante, disse que tinha um bar na região das Moreninhas e que estava na fronteira para visitar a filha que supostamente cursa Medicina no Paraguai. No entanto, os policiais decidiram averiguar o carro.

Em fundos falsos nas portas e laterais do automóvel foram encontrados diversos tabletes de maconha. Diante do flagrante, confessou que esteve em Ponta Porã por 15 dias, hospedado em uma pousada perto da rodoviária. Neste período, entregou o Gol para um desconhecido e, dias depois, recebeu tudo pronto para seguir viagem para Campo Grande, onde entregaria a droga.

O homem assumiu ter aceitado o transporte porque está desempregado há oito meses deve um agiota. Além disso, o filho o irmão estão presos em São Paulo e precisava enviar dinheiro para ajudá-los. Diante dos fatos, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à 2ª Delegacia de Polícia Civil, juntamente com os 56 tabletes apreendidos, com R$ 921 reais e um celular.

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias