Polícia

Ladrão espancado e amarrado por moradores estava armado com faca

Detido em flagrante por furto e vítima de lesão corporal na tarde de domingo (16), Bruno da Silva Souza, de 23 anos, estaria com uma faca em mãos no momento em que foi flagrado pelo morador da residência, localizada no Jardim Jacy. As informações da Polícia Militar dão conta que uma equipe foi acionada para […]

Renata Portela Publicado em 17/06/2019, às 07h14 - Atualizado às 10h00

Momento em que PM e Samu chegaram na ocorrência. Foto: Renan Nucci
Momento em que PM e Samu chegaram na ocorrência. Foto: Renan Nucci - Momento em que PM e Samu chegaram na ocorrência. Foto: Renan Nucci

Detido em flagrante por furto e vítima de lesão corporal na tarde de domingo (16), Bruno da Silva Souza, de 23 anos, estaria com uma faca em mãos no momento em que foi flagrado pelo morador da residência, localizada no Jardim Jacy.

As informações da Polícia Militar dão conta que uma equipe foi acionada para ir até o bairro onde o rapaz já estava detido por populares, após cometer um furto. Bruno estava deitado no chão, com ferimentos na cabeça e com braços e pernas amarrados, então foi acionado o Corpo de Bombeiros.

Questionado sobre os possíveis agressores, o rapaz não soube indicar aos militares. Já a vítima de furto, um homem de 54 anos, relatou aos policiais que quando chegou em casa, percebeu que algo estava errado. Já dentro da residência viu a grade do banheiro e o vidro quebrados, quando encontrou Bruno com uma mochila nas costas e uma faca de cozinha na mão.

Ao ver o morador, o rapaz teria fugido correndo, quando a vítima gritou “É ladrão, é ladrão” e populares o detiveram. Conforme a vítima, ela só viu um aglomerado de pessoas e o rapaz ao solo, já amarrado, também sem saber identificar os autores da agressão, que resultou em ferimentos na cabeça e uma possível costela quebrada.

Na mochila que estava com Bruno, foram encontrados vários pertences do homem. O rapaz foi preso em flagrante por furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculo e levado ao hospital, onde permaneceu sob escolta policial.

Jornal Midiamax