Polícia

Polícia investiga se açougueiro ferido a tiros estaria envolvido em assalto

A polícia investiga se o açougueiro ferido a tiros na noite desta segunda-feira (4), no Jardim Morenão, em Campo Grande, teria cometido um assalto no bairro Cohab. Segundo informações extraoficiais, o açougueiro foi perseguido pela vítima até a Rua Assaré. Um aposentado de 67 anos que não quis se identificar, contou ao Jornal Midiamax que […]

Thatiana Melo Publicado em 05/06/2018, às 08h41 - Atualizado às 09h31

None

A polícia investiga se o açougueiro ferido a tiros na noite desta segunda-feira (4), no Jardim Morenão, em Campo Grande, teria cometido um assalto no bairro Cohab. Segundo informações extraoficiais, o açougueiro foi perseguido pela vítima até a Rua Assaré.

Um aposentado de 67 anos que não quis se identificar, contou ao Jornal Midiamax que a vítima teria feito um assalto na Cohab e foi perseguida pelo motorista do Fiat Toro até o local, quando foi ferido a tiros.

Um morador que socorreu o rapaz de 26 anos e acionou a Policia Militar e o Corpo de Bombeiros contou que o açougueiro seria conhecido como ‘Zona Sul’ pelos traficantes da região.

A vítima foi socorrida e levada para a Santa Casa de Campo Grande e está internada no CTI (Centro de Terapia Intensiva), sedado e entubado e seu estado é considerado grave.

Outra versão

Quando era socorrido pelo Corpo de Bombeiros, o rapaz contou que teria sofrido uma tentativa de assalto dos ocupantes do carro, sendo ferido com pelo menos quatro tiros. Ele ainda teria contado que o suspeito pelo crime seria um desafeto, conhecido por PCC, e atual marido de sua ex-mulher. A polícia investiga o caso.

Jornal Midiamax