RESUMO DA SEMANA: jovens condenadas por morte de manicure e operações da PF

Julgamento aconteceu mais de um ano após o homicídio
| 01/04/2017
- 15:00
RESUMO DA SEMANA: jovens condenadas por morte de manicure e operações da PF

Julgamento aconteceu mais de um ano após o homicídio

A semana que fecha o mês de março foi marcada pela condenação de duas jovens, acusadas de matarem a manicure Jennifer Nayara Guilhermete de Moraes, de 22 anos, crime que ocorreu no dia 15 de janeiro de 2016. Na segunda e terça-feira também foram reveladas operações da Polícia Federal em Campo Grande.

Operação Gabarito foi o nome da ação que terminou com a prisão de três homens, moradores em Alagoas, com idades de 25, 29 e 39 anos. Eles tentavam fraudar o concurso do TRT (Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região), realizado em Campo Grande no domingo (26), utilizando pontos eletrônicos, mas acabaram flagrados por agentes da Polícia Federal. Os ‘concurseiros’ pagariam até R$ 50 mil se aprovados.

Ainda na segunda-feira (27), outros casos do fim de semana repercutiram, como a prisão de um cantor sertanejo de Mato Grosso do Sul, logo após ele gravar um DVD em Bonito. Ele devia pensão alimentícia e passou a noite na delegacia antes de pagar o valor estabelecido pela Justiça, mais de R$ 30 mil.

Na terça-feira (28), a Operação All In, da Polícia Federal, prendeu Gerson Palermo em uma casa no Jardim Leblon em Campo Grande. Preso outras três vezes pela PF, por tráfico de drogas e também pelo sequestro do boeing 737 em agosto de 2000, ele agora foi apontado como o ‘cabeça’ de um esquema internacional de narcotráfico. Além de Palermo, outras quatro pessoas foram presas, além de algumas conduzidas, e um patrimônio de mais de R$ 7 milhões foi apreendido.

A organização criminosa era responsável pela entrada de cocaína pela Bolívia e distribuição em São Paulo, além da suspeita que a droga era encaminhada a outros países. Já na quarta-feira (29), o julgamento de Gabriela Nunes Santos, de 21 anos, e Emilly Karoliny Leite, 20, foi um dos assuntos mais comentados na Capital.

Acusadas de matarem a manicure Jennifer Nayara em 2016, as duas foram condenadas a 16 e 14 anos de prisão por homicídio, mas inocentadas do crime de corrupção de menores, já que a adolescente de 17 anos, prima do ex-marido de Gabriela, também estava no local do homicídio. O julgamento teve início às 8 horas e se extendeu durante a tarde, terminando com a decisão do júri popular pela condenação.

O júri teve que decidir se houve ou não a intenção inicial das duas acusadas de matarem a vítima. Elas chegaram a alegar que queriam apenas ‘dar um susto’ em Jennifer, mas foram condenadas pela intenção de morte.

Na quinta-feira (30), foi destaque a notícia da execução de Paulo Sergio Valério em Caarapó. Sobrinho do prefeito, ele foi vítima de um homem que chegou em uma motocicleta na churrascaria em que ele estava e atirou várias vezes. Já na noite de quinta-feira, um acidente na Rodovia BR-163 terminou com a morte de um motorista.

A colisão frontal entre uma carreta e um Fox resultou em um incêndio. O motorista do Fox, que a princípio teria invadido a pista contrária e estaria dirigindo de faróis apagados, morreu carbonizado e não havia sido identificado até o fim da manhã desta sexta-feira (31).

Veja também

Um dos traficantes conseguiu fugir correndo em direção a uma fazenda

Últimas notícias