Polícia

Drogas e celulares são apreendidos em operação pente-fino na Máxima

A ação foi realizada nesta manhã 

Midiamax Publicado em 15/09/2016, às 19h32

None
pente-fino-epjfc-15-09-2016-672x372.jpg

A ação foi realizada nesta manhã 

Cocaína, pasta base, maconha e vários aparelhos celulares forma apreendidos na manhã desta quinta-feira (15) em uma operação pente-fino realizada na Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande. As revistas foram realizadas em todas as celas do pavilhão 1, galeria 1 A e galeria 1 B.

De acordo com a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), a ação, que durou cerca de quatro horas, foi coordenada pela Diretoria de Operações da Agepen e contou com apoio de 63 policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar, que realizaram a contenção dos presos para que os agentes penitenciários realizassem as revistas nas celas.

Foram apreendidos 87 celulares, 39 carregadores e 26 chips, 22 baterias avulsas, 389 gramas de cocaína, 140 gramas de pasta base e 1,5 quilos de maconha. “Essa é a segunda operação pente-fino realizada na máxima em menos de um mês. No dia 24 de agosto realizamos uma vistoria geral no local, e no início de julho também”, afirmou o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia.

Segundo o Batalhão de Choque da Polícia Militar, não houve nenhum incidente, ou revolta dos presos, durante as revistas.

A operação pente-fino envolveu ainda 22 agentes penitenciários. Os trabalhos foram acompanhados pelo diretor de Operações Reginaldo Francisco Régis e por servidores da Gerência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Gisp).

Jornal Midiamax