Elas são acusadas de invadir terreno

​Duas protetoras de animais de Campo Grande acabaram detidas e devem responder por invasão de domicílio depois do resgate de  um cachorro nesta quinta-feira (19). Conforme a Polícia Civil, Regiane Rodrigues e outra vizinha, identificada por Dayane, invadiram a casa e, com a ajuda de outra mulher, chamada Daniely, que se passou por veterinária, levaram o animal a clínica da Capital.

Ao chegar em casa, a proprietária do cachorro, que pediu para não ser identificada, acionou a Polícia Militar por achar que o animal tinha sido furtado. Ela afirmou que estava com ele havia apenas duas semanas. Dessa forma, os policiais entraram na residência e constataram a existência de alimento e abrigo para o cão, segundo foi informado por eles na delegacia onde o caso está sendo registrado .

Após a polícia ser acionada, a dona descobriu que as vizinhas levaram o cão e então elas foram conduzidas para a  2ª Delegacia de Polícia Civil, no bairro Monte Castelo.

Depois de resgatar cão que era só 'couro e osso', protetoras vão parar na delegacia

Em uma publicação no Facebook, Regiane disse que resgatou o cachorro depois de ouvir o choro do animal durante toda a madrugada.

Conforme a polícia o cachorro está bastante debilitado e permaneceu na clínica para ser medicado. A dona só será responsabilizada por maus-tratos caso laudo elaborado pelo médico veterinário comprove o crime.

O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia como invasão a domicílio.