Polícia

Três são multados em R$ 17 mil por destruição de matas ciliares em Bonito

A área de preservação foi destruída para a construção de um rancho

Midiamax Publicado em 07/04/2015, às 16h42

None
mata_ciliar_destruida_corrego_bonito_abr_2015.jpg

A área de preservação foi destruída para a construção de um rancho

Três homens, dois taxistas e um comerciante, foram multados, nesta segunda-feira (6), em R$ 17 mil por destruição da mata ciliar à margem do córrego Restinga, localizado no perímetro urbano norte de Bonito, a 260 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a PMA (Polícia Militar Ambiental), os infratores haviam desmatado a APP (Área de Preservação Permanente) para construção de um rancho. Ao todo, à mata foi removida de três terrenos, um do lado do outro, onde já haviam começado as obras em alvenaria.

Além de interditar as atividades, os policiais autuaram o taxista, de 54 anos e um comerciante, de 36 anos, em R$ 7 mil e também outro taxista, de 58 anos, R$ 3 mil. As multas, segundo a PMA, foram efetuadas conforme a área destruída.

Os infratores irão responder por crime ambiental e se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Eles também foram notificados a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada.

Jornal Midiamax