Polícia

Suspeito de homicídio no Jardim Columbia vai a júri na quinta-feira

Vítima foi atingida por tiros e motivação do crime nunca foi esclarecida

Wendy Tonhati Publicado em 15/04/2015, às 21h17

None
forum_de_cg-.jpg

Vítima foi atingida por tiros e motivação do crime nunca foi esclarecida

Está marcado para quinta-feira (16), às 8 horas, na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, o julgamento de Rubens de Oliveira Aguirre, de 49 anos. Ele é suspeito de matar Antônio Marcos Marcelino Pereira, no dia 13 de junho de 2004.

Consta na sentença de pronúncia, que em um terreno baldio do Jardim Colúmbia, Rubens  fez vários disparos de revólver contra Antônio Marcos, que acabou morrendo

O Promotor de Justiça, Humberto Lapa Ferri, pediu a pronúncia nos termos da denúncia, alegando que a materialidade do delito restou devidamente demonstrada bem como existem indícios suficientes de autoria. Já a defesa, pugnou pela impronúncia do acusado, aduzindo a falta de indícios de autoria. Em análise dos autos, o juiz Aluízio Pereira dos Santos, titular da Vara, pronunciou o réu nos termos da denúncia.

Consta na que o acusado foi ouvido apenas uma vez em juízo e negou a participação no delito, porém testemunhas alegam ser ele, o autor dos disparos. A motivação do crime nunca foi esclarecida.

Jornal Midiamax