Irmãos são presos por assalto a casal em ponto de ônibus no Paço Municipal

Na casa dos irmãos foram encontrados a arma, munições, dois coldres e uma jaqueta policial
| 19/05/2015
- 14:57
Irmãos são presos por assalto a casal em ponto de ônibus no Paço Municipal

Na casa dos irmãos foram encontrados a arma, munições, dois coldres e uma jaqueta policial

Dois irmãos foram presos depois de praticarem assalto a um casal em um ponto de ônibus na noite desta segunda-feira (18), por volta das 22h40, em um ponto de ônibus na Avenida Afonso Pena, na frente do Paço Municipal, na área central de Campo Grande.

O casal aguardava o quando chegou um homem em uma moto Honda Fan preta com uma arma na cintura e roubou os aparelhos celulares das vítimas. Os dois conseguiram anotar a placa da moto, NRK-8666, de Campo Grande (MS).

As vítimas acionaram a polícia e passaram as informações para a Força Tática da 5ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar). Com a placa da motocicleta os policiais localizaram o proprietário do veículo.

Os militares foram até a casa dele no Residencial Búzios. No local, o ex-proprietário disse que havia vendido a moto para Wellington Flores Caetano Fraga, de 34 anos, agente de saúde. A Força Tática se deslocou à residência, que fica no Bairro Santo Amaro, região oeste da cidade.

Ao chegar ao endereço, os policiais visualizaram a moto na garagem, onde estavam Wellington e o irmão, Rodrigo Flores Caetano Fraga, de 26 anos. Ao serem questionados sobre o roubo na frente do Paço Municipal os dois disseram que desconheciam.

Dentro da casa os militares encontraram uma munição calibre 9 milímetros, uma réplica de revólver, um capacete de cor preta e um casaco cinza com um desenho de uma águia na manga esquerda.

Já no quarto de Wellington foram encontrados uma capa de chuva do Batalhão de Trânsito, dois coldres, um cinto de guarnição e um colete utilitário. As vítimas reconheceram Rodrigo como o autor do roubo. Todos os envolvidos foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

O policial, dono da jaqueta, foi localizado e disse que ela havia sido furtada da casa da mãe dele e, já que o Wellington é agente de saúde e conhecia a mãe dele, tem acesso ao local e furtou o casaco.

O delegado Hoffman D’Ávila Cândido e Souza autuou Rodrigo por roubo simples e posse de munição e Wellington pela posse ilegal de munição e sem direito a fiança.

Veja também

Últimas notícias