Polícia

Idosos são acusados de praticar racismo contra mulher e guarda municipal na Capital

Dois idosos xigaram uma mulher de 'macaca' depois de vê-la saindo de um estacionamento

Midiamax Publicado em 07/01/2015, às 00h04

None

Dois idosos xigaram uma mulher de ‘macaca’ depois de vê-la saindo de um estacionamento

Uma mulher foi vítima racismo por dois idosos, na tarde desta terça-feira (6) em Campo Grande. Depois de a xingarem de ‘macaca’, os autores ainda insultaram, da mesma forma, o guarda municipal que tentou ajudá-la.

De acordo com o BO (Boletim de Ocorrência), a vítima A.C.S.R. saía com seu carro do estacionamento da Central do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), antiga Câmara Municipal. O fato de ter estacionado dentro do estacionamento foi motivo para xingamentos e insultos por parte da senhora C.F.B, de 69 anos e do senhor S.B, de 78 anos.

“Volta pra Senzala porque lá é teu lugar!”, teria dito o homem. “Volta pra África sua negrinha, sua macaca!”, diria a mulher.

Indignada com as ofensas, A.C.S.R parou o carro de qualquer forma e foi atrás dos idosos. “Sou macaca, mas sou honesta”, disse a vítima para a autora, que, por sua vez respondeu: “sua nega, sua macaca!”.

Os guardas municipais que faziam a segurança do local perceberam que a vítima começou a passar mal e falaram para a idosa: “Vamos fazer um boletim de ocorrência contra a senhora”.

Não satisfeita, a autora disse ao guarda: “Você vai defendê-la só porque ela é da sua cor, seu macaco!”.

Com isso, todos foram encaminhados para a delegacia. Dentro da viatura os idosos, descontrolados, continuaram com os insultos.

Contudo, em virtude da idade avançada dos autores, as vítimas teriam renunciado ao direito de representação contra os autores.

O caso foi registrado no Depac – Centro (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) como injúria.

Jornal Midiamax