Em cinco meses, Guarda Civil Municipal realiza cerca de 500 autuações

Tráfico de drogas e furto é mais constante
| 28/05/2015
- 17:29
Em cinco meses, Guarda Civil Municipal realiza cerca de 500 autuações

Tráfico de drogas e furto é mais constante

Desde janeiro até maio deste ano já foram realizadas quase 500 autuações das mais diversas tipificações penais pela GCM (Guarda Civil Municipal). Entre as ocorrências que mais se destacam são os crimes de tráfico de drogas e furto, somando 77 ocorrências neste período.

Por porte ilegal de armas e desobediência totalizam o flagrante de mais 27 pessoas. Além de 22 por pichações em locais públicos e privados. De acordo com o artigo 65 da lei 9.605 de fevereiro de 1998, pichar ou por outro meio conspurcar edificação ou monumento urbano tem pena prevista de três meses a um ano de detenção além de multa devidamente aplicada pela PMA (Polícia Militar Ambiental).

Região central

De janeiro a maio só na região central houve 137 autuações, a maior parte pelos crimes de lesão corporal, ameaça, furto, atos obscenos e perturbação do sossego. O presidente do Conselho Comunitário de Segurança da Região Central, Adelaido Luiz Spinosa declara que, o trabalho de ronda e patrulhamento feito pela GCM teve redução de 40% nos crimes cometidos. “Na região da antiga rodoviária, Orla Morena e 14 de Julho sentimos uma redução drástica. A presença e trabalho da Guarda refletem numa maior cautela e inibição da ação dos criminosos”, detalha.

“Nossos servidores têm sido capacitados com frequência e temos hoje, atuando nas ruas de Campo Grande, profissionais extremamente habilitados para desempenhar as funções que lhes são determinadas”, declara o secretário municipal de Segurança Pública, Valério Azambuja. Dentro do plano de segurança da Capital consta ainda o projeto do videomonitoramento, que está em fase de teste. 

Veja também

Uma mulher de 27 anos foi vítima de feminicídio ao se negar a fazer uma...

Últimas notícias