Polícia

Dentro do presídio, homem liga para ex-companheira fazendo ameaças de morte

Mesmo preso, detento do Segurança Máxima ligou para fazer ameaças à mulher 

Wendy Tonhati Publicado em 16/04/2015, às 21h30

None
474_-_gw.jpg

Mesmo preso, detento do Segurança Máxima ligou para fazer ameaças à mulher 

Uma mulher de 43 anos procurou a Polícia Civil nesta quinta-feira (16), para denunciar a ameaça de morte que recebeu do ex-companheiro. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima afirmou que o suspeito é detento do Presídio de Segurança Máxima, mas mesmo assim, telefonou fazendo ameaças.

A vítima relatou aos policiais, que foi casada por cinco meses com o suspeito e que há um ano estão separados. Na tarde desta quinta, o homem ligou para ela. A mulher reconheceu a voz e fingiu que era a própria irmã. Achando que era a ex-cunhada, o suspeito fez várias ameaças à vítima.

A mulher disse à polícia que já possui medida protetiva contra o suspeito e teme que ele seja solto e cumpra as ameaças. A vítima disse ainda que quase não sai de casa por medo, mesmo o ex-marido estando preso. O homem já responde a processos por receptação, lesão corporal, roubo e ameaça.

O caso foi registrado como ameaça (violência doméstica), desobediência à decisão judicial sobre perda ou suspensão de direito  na Deam (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher). 

Jornal Midiamax