Polícia

AGORA: Acadêmica de arquitetura morre dentro de universidade em Campo Grande

A acadêmica de arquitetura e urbanismo, identificada apenas como Alana, de 18 anos, morreu a pouco, depois de sofrer um mal súbito, dentro da uma universidade localizada na Avenida Ceará, no bairro Miguel Couto, em Campo Grande. O curso de medicina da própria universidade, assim como o Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) foram […]

Arquivo Publicado em 19/03/2014, às 14h06

None

A acadêmica de arquitetura e urbanismo, identificada apenas como Alana, de 18 anos, morreu a pouco, depois de sofrer um mal súbito, dentro da uma universidade localizada na Avenida Ceará, no bairro Miguel Couto, em Campo Grande. O curso de medicina da própria universidade, assim como o Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) foram avisados sobre o atendimento à jovem. 

Por volta das 8h30, a acadêmica se sentiu mal, tentou se escorar na parede, mas caiu. Ela bateu a cabeça no chão e teve convulsões no corredor do bloco IV, do seu curso.
Mesmo a jovem caída, aulas continuaram normalmente e apenas duas colegas dela ficaram no local cuidando de Alana. 
O curso de medicina demorou meia hora para sair de um bloco para o outro, dentro da mesma universidade. Já a equipes do Samu chegaram ao local após quarenta minutos.
Ao chegar ao local, tentaram reanimar a jovem, porém foi constatada a morte.
Jornal Midiamax