Polícia

Polícia desmantela quadrilha que agia em bairros da capital

Seis homens, entre dois adolescentes, foram presos por policiais militares do 10°BPM, desde as 0h de ontem até a madrugada desta quinta-feira (22), com duas motos roubadas, dinheiro, um revólver calibre 38, munição, celulares e 460g de entorpecente. Eles estavam cometendo crimes nos bairros Aero Rancho, Panorama e Nova Lima e a polícia ainda suspeita […]

Arquivo Publicado em 22/12/2011, às 14h45

None
1982252153.jpg

Seis homens, entre dois adolescentes, foram presos por policiais militares do 10°BPM, desde as 0h de ontem até a madrugada desta quinta-feira (22), com duas motos roubadas, dinheiro, um revólver calibre 38, munição, celulares e 460g de entorpecente.

Eles estavam cometendo crimes nos bairros Aero Rancho, Panorama e Nova Lima e a polícia ainda suspeita que haja a participação de mais pessoas. Todos foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

“Estávamos fazendo rondas pelo bairro Jardim Noroeste quando avistamos o Albert Marques Pereira, 18 anos, também conhecido como “amarelinho”. Albert conduzia uma moto e apresentou nervosismo quando viu a viatura. Ele tentou fugir, mas nós conseguimos abordá-lo. Ao checar, descobrimos que a moto era roubada e a partir daí nós começamos a encontrar os outros comparsas”, afirma o sargento Carlos Alberto de Andrade.

Na residência de Albert, a polícia encontrou 460g de maconha e um revólver calibre 38, utilizado para cometer os crimes. “Eles assaltaram um mercado no bairro Panorama esta madrugada, além de ter roubado as duas motos CG 125 pretas, de placa NRK 1791 e HTK 4410, ambas de Campo Grande. Agora nós vamos repassar as informações ao delegado de plantão e acredito que, até amanhã, mais pessoas poderão ser presas”, afirma o sargento Carlos Alberto.

Everton da Silva Ferreira, 19 anos, afirmou que a arma era de sua propriedade. “A moto nós roubamos para andar lá pelo bairro mesmo e a arma eu possuía para me proteger. Eu já tinha levado um tiro de um grupo do Aero Rancho e por isso adquiri a arma, que estava escondida em um terreno baldio”, afirma Everton.

Além de Albert e Everton, Carlos Alberto Gonçalves Filho, 18 anos, Tiago Maurício de Andrade, 22 anos e os adolescentes C.C.R, 17 anos e J.S.N.,15 anos, serão indiciados por tráfico de drogas, formação de quadrilha, porte ilegal de arma e roubo qualificado pelo concursos de pessoas.

Jornal Midiamax