A dos Deputados dos aprovou um projeto para banir o aplicativo do país, alegando risco à segurança nacional devido aos laços com os proprietários chineses.

Para os legisladores, a proposta aprovada no sábado (20) exige que o aplicativo encerre seus vínculos com o país asiático. Agora, o pedido segue para análise do Senado.

Segundo o Metrópoles, a proposta destaca o risco de vazamento de dados de cidadãos americanos e manipulação de conteúdo. No entanto, o documento não apresenta evidências de vazamento de dados.

Enquanto isso, o aplicativo de origem chinesa nega o compartilhamento de dados e afirma que a plataforma não fornece acesso ao governo chinês.

Caso o projeto seja aprovado no Senado, o TikTok terá um prazo de até um ano para encontrar um comprador.

Decepção para criadores

O projeto decepcionou criadores de conteúdo que impulsam vídeos através. Brasileiros que moram nos Estados Unidos divulgaram vídeos decretando adeus a criação de conteúdos. Stefany D'Arezzo, conhecida pelo bordão “uma moradora do Alaska” compartilhou um vídeo comentando o assunto: “Meu último vídeo aqui na plataforma”.