Um rumor atraiu centenas de pessoas para uma de saneamento urbano no centro de Zaragoza, em busca de ouro, na noite de sexta-feira, 10. De forma improvisada, os moradores transformaram a rua em uma área extrativista, na esperança de encontrar minérios.

Na correria para extrair, as pessoas usaram pás, picaretas, peneiras, baldes, lanternas, sacolas de plástico, galão de combustível serrado para retirar a água do local e calçaram botas para proteger os pés.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram dezenas de pessoas carregando sacos de terra nos ombros enquanto outras procuravam por minérios no solo, cercados por lama e tubulações.

Segundo reportagem do portal El Colombiano, o boato surgiu quando uma pessoa contou ter encontrado ouro em uma obra na rede de esgoto de Zaragoza, na rua Bolívar, no centro da cidade, local normalmente dedicado ao comércio. O rumor se espalhou rapidamente entre os moradores do município, e, em poucas horas, a rua se transformou num cenário de garimpo improvisado.

Os moradores foram motivados por diversas razões, entre elas, a das atividades nas minas da região, fechadas desde 1º de março, que deixaram centenas de mineiros sem trabalho.

Obra foi prejudicada

A febre pelo ouro causou prejuízos à execução da obra de saneamento. Com as marteladas, foram retiradas centenas de barreiras de proteção, as tubulações do aqueduto e do gás foram quebradas e ainda, com muito esforço, os “garimpeiros” quase cavaram um túnel sob um estabelecimento comercial.

Com o tumulto e prejuízos à obra, os comerciantes da rua Bolívar estão de portas fechadas desde a segunda-feira, 13.

Área é devastada por prática ilegal de mineração

Zaragoza está localizada na região do Bajo Cauca, em Antioquia, uma das áreas da conhecidas por práticas ilegais de mineração. Na região, cerca de 400 mil hectares de florestas nativas e fontes de água foram destruídos pelo garimpo ilegal.

Rumores como este são alimentados pelos próprios moradores, que contam histórias que as cidades foram construídas sobre minas de ouro.

De acordo com a imprensa local, até o momento não há informações de que alguém tenha encontrado ouro ao escavar esta obra em Zaragoza.