Os presidentes da e da Bielorrússia se uniram para pedir cessar-fogo e negociações para chegar a uma solução política para o conflito na . O chamado conjunto veio em uma reunião em Pequim entre o chinês Xi Jinping e o bielorrusso Alexander Lukashenko, aliado próximo da Rússia.

A ação endossa a proposta de paz emitida pela China na sexta-feira, pedindo que a integridade territorial de todos os países seja respeitada.

“Países relevantes devem parar de politizar e usar a economia mundial como sua ferramenta, e devem tomar medidas que realmente promovam um cessar-fogo e parem a guerra”, disse Xi, de acordo com a emissora estatal chinesa CCTV.

A Bielorrússia “concorda plenamente e apoia a posição e as propostas da China sobre uma solução política para a crise na Ucrânia”, afirmou Lukashenko, segundo a CCTV.

Saiba Mais