A francesa Anne L’Huillier, uma dos três cientistas vencedores do Prêmio Nobel de Física 2023, ficou sabendo da premiação enquanto lecionava nessa terça-feira (3), na de Lund, na Suécia. Mesmo assim, a cientista não deixou que seus alunos perdessem a aula.

O perfil oficial da universidade postou um vídeo do momento no qual Anne recebeu a notícia.

Anne é de física atômica, e ganhou o prêmio junto com os cientistas Pierre Agostini e Ferenc Krausz “por métodos experimentais que geram pulsos de luz de attossegundos para o estudo da dinâmica de elétrons na matéria”. A cientista é apenas a quinta mulher, entre os 225 escolhidos até hoje, a ganhar a láurea na categoria da Física.

“Anne L’Huillier, Ferenc Krausz e Pierre Agostini demonstraram uma maneira de criar pulsos de luz extremamente curtos que podem ser usados ​​para medir os processos rápidos nos quais os elétrons se movem ou mudam de energia. As contribuições dos laureados permitiram a investigação de processos tão rápidos que antes eram impossíveis de acompanhar”, afirmou a organização.

Criados pelo testamento do inventor e empresário da dinamite Alfred Nobel, os prêmios para realizações na ciência, na literatura e na paz são atribuídos desde 1901, e é considerada a maior honraria para cientistas do mundo.

Saiba Mais